Vai lá, Aretuza … e a culpa do estagiário.